Pós-pânico | Depoimentos | Como Comprar | Tratamento  | Curso | Garantia | Notícias  


Síndrome do Pânico

Este livro é pronto-socorro e leitura terapêutica para a síndrome do pânico. Seu autor é psicoterapeuta há 30 anos, pioneiro nesta abordagem da cura sem drogas.

Devolva se não melhorar

Os leitores comentam

Leitura terapêutica

Desde a publicação da 1ª edição deste livro estamos coligindo relatos de leitores sobre a melhora no quadro clínico que esta leitura pode trazer. Não são opiniões do autor, mas declarações verificáveis de pessoas como você. Essa melhora, que pode chegar à completa cura da síndrome do ... (continua embaixo dos videos)
Responsabilidade e Garantia

Este livro é baseado em anos de experiência clínica. Nosso tratamento é seguro e provamos nossa confiança em sua...continua
  Drogas resolvem?

Quase todos os que começam a tomar medicamentos para controlar a síndrome do pânico nunca mais se livram deles - e nem dela. Cont.
  FDA adverte sobre uso de antidepressivo (adultos)

02 de julho de 2005 - O Estado de São Paulo - A FDA, agência federal americana encarregada de controlar alimentos e remédios, advertiu novamente que a...


 

... que pode chegar à completa cura da síndrome do pânico, não depende da leitura em si, mas do grau de confiança do leitor no que ela lhe apresenta.

Confiar no que esta tese propõe (que é confiar em si mesmo) produz a mudança mental que desperta os recursos interiores - inclusive neurofisiológicos - para extinguir a síndrome do pânico. São as suas próprias forças psicológicas, como compreensão, paciência e autoconfiança que, se convocadas durante uma crise, atuarão no metabolismo dos neurotransmissores do sistema nervoso. Quando esses recursos são convocados, surgem não somente como milagrosos remédios para a crise, mas acabam se integrando ao caráter e fazendo a vida melhor do que era antes da síndrome do pânico.

Uma leitura produzir resultado terapêutico de que as drogas não são capazes é uma prova desconcertante de como o verdadeiro bem-estar é uma manifestação existencial de dentro para fora (em que você é livre) e não uma manipulação bioquímica de fora para dentro (em que você é dependente). Se confiar em mim quando lhe proponho que confie em si mesmo, você experimentará esse efeito terapêutico em toda a sua vida, não somente na solução da síndrome do pânico.

E se, afinal, você sentir que conseguiu realizar em si esse benefício, envie-nos seu relato, compartilhe sua vitória (e nossos videos) no Face, registre sua avaliação nas livrarias da Internet. A divulgação de seu sucesso reforçará a corrente de libertação dos que ainda estão no labirinto. É magnífico vencer por seus próprios meios o desafio do pânico, mas é ainda melhor o que vem depois: sentir o poder de ajudar os outros a conseguirem o mesmo.